Credencial
* A disponibilidade de ingressos é atualizada de segunda à sexta em horário comercial.

Instalação Projeto Memória Quitandinha | De Petrópolis para o Mundo

A Exposição Memória Quitandinha | releitura usa a realidade aumentada (AR) para reviver a noite de 12 de fevereiro de 1944.

Na Sala de Correspondentes, acompanhe os bastidores de jornalistas que cobriram o evento social mais importante daquele ano. Na Biblioteca, mergulhe na ousadia colorida que a decoradora americana Dorothy Draper criou para os ambientes do maior empreendimento de Joaquim Rolla, o “Rei dos Cassinos”. Venha viver essa experiência.

O Sesc Quitandinha é considerado um dos lugares mais icônicos e importantes da cidade de Petrópolis. Inaugurado em 1944 pelo empreendedor Joaquim Rolla, o Palácio originalmente foi idealizado para ser o maior cassino hotel das Américas. Em 2007 foi adquirido pelo Sesc Rio e hoje tornou-se uma referência cultural e turística da cidade. O espaço faz referência ao estilo neonormando, tendência dos grandes cassinos europeus da época, sendo decorado com inspiração nos cenários hollywoodianos pela famosa norte-americana Dorothy Draper.

Na comemoração dos 20 anos do Festival de Inverno e com a temática “Compartilhando Memórias, Criando Novas Histórias”, iniciamos a apresentação de um percurso de memória afetivo e multissensorial. A partir da pesquisa e do livro “Apostas Encerradas: o breve império do Cassino Quitandinha”, do jornalista Flavio Menna Barreto Neves, buscamos ressignificar por meio de micronarrativas a história artística e cultural do Sesc Quitandinha.

Data e Local

  • 15 Jul à 31 Jul
    10h00 às 18h00

    Petrópolis

    Classificação: Livre | Local: Biblioteca e Sala dos Correspondentes da unidade sesc quitandinha

    Artes Visuais, Educação