Festival Sesc de Inverno começa nesta sexta com programação multilinguagem repleta de grandes nomes

Entre os destaques do evento estão Zeca Baleiro, Fernanda Abreu, Projota, Zélia Duncan, Titãs, Anavitória, Vanessa da Mata, MV Bill, Cidade Negra, Guilherme Arantes, Mart’nália, Conceição Evaristo, Bianca Ramoneda, Pedro Luis, Renato Carrera, Renato Vieira, Laura Lydia, Shannon Botelho, Marcello Camargo, Gustavo Pizzi, “Todo lo que está a mi lado”, “Pelos quatro cantos do mundo”, “Malditos”, “Icaro and the black stars”, “Andança – Beth Carvalho, o musical”, “Esperança na Revolta”, “As crianças” e muitos outros

RIO DE JANEIRO/RJ – Começa nesta sexta-feira (19/7) a 18ª edição do Festival Sesc de Inverno nas cidades de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Duas Barras (Região Serrana) e Três Rios (Centro-Sul Fluminense). O evento, considerado um dos maiores eventos de cultura multilinguagem do país, se estende até o dia 28, com cerca de 500 atrações em diferentes linguagens artísticas: literatura, cinema, música, teatro, dança, circo e artes visuais. As atividades são gratuitas ou a preços populares (entre 2 quilos de alimentos não perecíveis e R$ 20).

A novidade desta edição é a ampliação territorial. Pela primeira vez, os municípios de Duas Barras e Três Rios entraram na programação, assim como os distritos de Lumiar e São Pedro da Serra, localizados em Nova Friburgo, cidade que tradicionalmente recebe o Festival junto a Petrópolis e Teresópolis. As programações acontecem nas nossas unidades nas regiões e também em espaços públicos.

O mote deste ano é a questão dos territórios. Por isso, além dos nomes reconhecidos na cena cultural brasileiro, a programação está repleta de atrações locais, com o objetivo de valorizar a produção artística da região e alavancar carreiras desses talento, colocando-os lado a lado na programação com artistas de projeção nacional. A identidade regional também estará presente nos conteúdos das atrações artísticas, como exibição de filmes rodados na região, exposições sobre ícones locais, entre outras.

DESTAQUES DA MÚSICA

A Praça Olímpica de Teresópolis, no Centro do município receberá um grande palco onde se apresentarão Zeca Baleiro, no dia 20, Fernanda Abreu, dia 21, Maneva, dia 25, Projota, dia 26, e Zélia Duncan, dia 27.

Em Petrópolis, Titãs, Anavitória e Vanessa da Mata se apresentam respectivamente dias 19, 20 e 21 no Parque de Exposições de Itaipava; MV Bill e Lô Borges sobem ao palco do Ginásio do Sesc Nogueira dias 27 e 28; e Elza Soares canta no Teatro do Sesc Quitandinha, dia 26. Xênia França também se apresenta no Quitandinha, no Café Concerto, dia 21, mesmo palco que receberá o filho de Cássia Eller e revelação da nova geração da MPB, Chico Chico, que cantará junto a João Mantuano e Daíra, dia 27.

Em Nova Friburgo, Cidade Negra e Guilherme Arantes se apresentam dias 20 e 21 de julho, respectivamente, na Praça do Suspiro, grátis. Cátia de França e Beto Guedes sobem ao palco montado no lago do distrito de Lumiar, dias 26 e 27 de julho, respectivamente. Chico Chico, João Mantuano e Daíra cantam dia 25 no Sesc local, mesmo palco em que, no dia seguinte, se apresentará a cantora paraibana Socorro Lira. Já Martinho da Vila vai ao município de Duas Barras, onde canta dia 28, na Praça Governador Portela.

Município do Centro-Sul Fluminense, Três Rios recebe Chico Chico, João Mantuano e Daíra em show na Praça São Sebastião no dia 26, às 17h30, pouco antes de Zélia Duncan subir ao palco, às 21h. Mart’nália se apresenta no dia seguinte no mesmo palco, às 21h, tendo como abertura um concerto da Camerata de Violões da cidade, às 17h30.

DIFERENTES LINGUAGENS ARTÍSTICAS

Entre os destaques teatrais estão o aclamado musical “Icaro and the black stars”, com sucessos da história da Black Music; “Andança – Beth Carvalho, o musical”, que trata da vida e obra da sambista falecida este ano; o vencedor do prêmio Shell “Esperança na Revolta”; “As crianças”, do premiado diretor Rodrigo Portella; “Pelos quatro cantos do mundo”, que conta o drama de uma menina síria refugiada, e o infantil “Tropicalinha – Caetano e Gil para crianças”, com estórias e clássicos musicais do movimento adaptados para o público infantil.

A partir de uma residência que acontece desde junho com artistas locais, o aclamado dramaturgo Renato Carrera apresenta “Na Cozinha”, espetáculo que será criado e encenado pelos participantes da atividade na cozinha do Palácio Quitandinha. Haverá ainda uma série de intervenções artísticas em espaço público, como “Todo lo que está a mi lado”, do argentino Fernando Rubio, que já circulou por países da Europa e América Latina.

A cia Renato Vieira, um dos destaques de dança, apresenta o espetáculo “Malditos” e também prepara uma flash mob que promete atrair a atenção de transeuntes. O coreógrafo Carlos Fontinelle criará e apresentará um trabalho colaborativo com os profissionais da cidade de Teresópolis em uma residência artística.

Em literatura, a escritora Conceição Evaristo apresenta o espetáculo literário “Encontros em Contos”. Flavio Menna Barreto Neves, João Perdigão e Joaquim Eloy, três autores de livros que abordam o Palácio Quitandinha e seu idealizador Joaquim Rolla, participam de seminário sobre suas obras e sobre o centro cultural mantido pelo Sesc em Petrópolis. A jornalista Bianca Ramoneda, o músico Pedro Luis e convidados apresentam leitura cênica e musical com obras autorais ou baseadas em textos literários.

A programação de cinema conta com uma longa lista de filmes, entre eles alguns rodados em Petrópolis: o premiado “Benzinho”, de Gustavo Pizzi, que ministrará uma masterclass no evento, e “Quando o carnaval chegar”, dirigido por Cacá Diegues, que também assina o roteiro ao lado de Hugo Carvana e Chico Buarque. O elenco do filme, com sequência rodada Palácio Quitandinha, conta com Maria Betânia e Nara Leão. Mostra de curtas-metragens e bate-papo com realizadores também integram a programação.

Em Artes Visuais, o público poderá ver de perto o trabalho da artista plástica Laura Lydia, que adaptou para a Região Serrana do Rio o seu trabalho Ervas sp, intervenções com pintura e desenho em sintonia com vegetação nascida espontaneamente em espaços urbanos de São Paulo. Exposições em Nova Friburgo jogarão luz sobre o trabalho e a trajetória de figuras icônicas da sociedade local (o restaurante da Dona Mariquinha e as roupinhas de boneca da Senhorita Bonequeira). Uma mostra coletiva em pintura, tecelagem, costura e escultura batizada de “Territórios da Mata” apresenta os imaginários que compõe o cenário local, de fauna, flora e divino. O curador e crítico Shannon Botelho realizará leituras de portifólios e o cenógrafo Marcello Camargo ministrará a oficina Organização e Montagem de Exposições. 

Pontos de venda de ingressos

PETRÓPOLIS
Sesc Quitandinha: Avenida Joaquim Rolla, 2
Terças-feiras, das 9h às 18h, Quartas a domingos, das 9h às 20h45

Sesc Nogueira: Estr. do Calembe, S/n
Terça a domingo, das 9h às 17h

Parque de Exposições de Itaipava: Estr. União e Indústria, 10000
Quinta a domingo, das 10h às 18h
Dias de shows: Até as 22h

Senac Petrópolis: R. Alfredo Pachá, 26 – Centro
Segunda a sexta-feira, das 9 às 18h, e sábados, das 8h às 12h

TERESÓPOLIS
Sesc Teresópolis: Av. Delfim Moreira, 749 – Várzea
De terças a sextas, das 7h às 21h, sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h

NOVA FRIBURGO
Sesc Nova Friburgo: Av. Pres. Costa e Silva, 231 – Centro
De terças a sextas, das 8h às 19h, e sábado, domingos e feriados, das 9h às 18h

TRÊS RIOS
Sesc Três Rios
Programação gratuita* – *Doadores de 2 quilos de alimentos não perecíveis nas programações ganharão vouchers para experimentar aulas de idiomas ou de modalidades esportivas.

DUAS BARRAS
Programação integralmente gratuita