“Andança – Beth Carvalho, O Musical” e Cátia de França agitam Nova Friburgo nesta sexta-feira

Friburguenses e turistas podem curtir também a Mostra de Curtas Infantis, Projeto Histórias em Quadrinhos Digitais e oficinas gratuitas no Sesc Nova Friburgo

Andanças – Beth Carvalho, O Musical - Festival Sesc de Inverno 2019
Andanças – Beth Carvalho, O Musical

NOVA FRIBURGO – A sexta-feira, dia 26, promete ser animada em nova Friburgo e nos distritos, com apresentações de artes cênicas, música, cortejo e oficinas para todas as idades. Andança, Beth Carvalho –O Musical, Boi de Luz, Cortejo e show de Cátia França em Lumiar, residência com Carlos Malta, projeto audiovisual Histórias em Quadrinhos Digitais são alguns dos destaques do ia.

Os participantes do Projeto Histórias em Quadrinhos Digitais estarão no Festival Sesc de Inverno, às 10h, na unidade do Sesc Nova Friburgo, contando como foi participar de um projeto em torno da linguagem dos quadrinhos para produção de obras digitais. Por meio de conteúdos compartilhados, aplicativos e programas gratuitos disponíveis na rede, a ideia é fomentar a criatividade, a colaboração e o afeto entre os jovens, além de promover reflexões sobre o impacto da rede ao possibilitar acesso às ferramentas digitais, linguagens artísticas, trocas de experiências e conhecimento.

Ainda no campo do audiovisual, às 18h tem Mostra Sesc de Cinema – Curtas Metragens Infantis.

Com o objetivo de promover a difusão da produção cinematográfica nacional que não chega ao circuito comercial de exibição, a Mostra pretende contribuir para o campo audiovisual como um espaço de lançamento e promoção de artistas brasileiros e acima de tudo, promovendo a formação e a qualificação de um público que habita os quatro cantos do Brasil, em especial no território de abrangência da Unidade Sesc Nova Friburgo. Os crtas selecionados são Metamorfose, no Caminho da Escola, Nham Nham – A Criatura, O Menino do Dente de Ouro e O Melhor Som do Mundo.

Do campo das artes cênicas, Boi de Luz se apresenta, às 11h, na Praça João Heringer, em São Pedro da Serra. É um espetáculo vivo, dinâmico, interativo e em processo, a partir de temáticas atuais envolvendo pesquisas nas mais variadas tradições do Boi no Brasil. Traz para o público a alegria e a mensagem de superação e renascimento, presentes na Festividade Popular do Boi conhecida em diversas regiões brasileiras, como o Boi Bumbá do Norte, o Bumba-Meu-Boi do Nordeste, o Boi de Mamão do sul, dentre outros.

Às 20h, o teatro Municipal Laercio Rangel Ventura recebe Andança – Beth Carvalho, O Musical,  um espetáculo que conta fatos marcantes da vida da saudosa cantora. Passando por momentos como os festivais da canção no final dos anos 60, a participação no programa de Flavio Cavalcanti, a descoberta de Zeca Pagodinho, os encontros artísticos com Nelson Cavaquinho e Cartola, a paixão pelo bloco Cacique de Ramos, o encantamento com a força da jovem Maria Bethânia no lendário show “Opinião”, o peso da ditadura sobre a sociedade e a música brasileira, entre outros.

Também às 20h, no Palco do Lago de Lumiar, a performance musical é de Cátia de França. Nascida em João Pessoa, a cantora, compositora e multi instrumentista tem mais de 40 anos de carreira, gravou seis discos e se tornou uma lenda viva da música regional brasileira. Suas canções já foram gravadas por grandes nomes da MPB, como Elba Ramalho, Amelinha e Xangai, além de ter participado de festivais de música popular na década de 60. Versátil e estudiosa, desde menina aprendeu a dominar instrumentos como o piano, a sanfona e o violão. Mais tarde, se interessou pelos acordes de flauta e pela percussão. Chegou a ser professora de música e, em meados dos anos 70, se aventurou nas composições próprias em parceria com o poeta Diógenes Brayner.